Coronavírus: vacinas de Oxford começarão a ser testadas no Brasil

Segundo informado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no Diário Oficial da União nesta terça-feira, as vacinas de combate ao coronavírus, desenvolvidas pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, também serão testadas em pacientes brasileiros durante o mês de junho. Dessa forma, as duas nações irão contar, cada uma, com a participação de 5 mil voluntários que não tiveram contato com a doença para experimentar as novas potenciais medidas de enfrentamento à covid-19.

Passando oficialmente para a terceira fase do período experimental clínico, as vacinas, que estão sendo testadas desde abril deste ano, já estão sendo produzidas em larga escala, com amplas possibilidades de atender mundialmente a demanda de outros países, sendo considerado o medicamento com maior potencial de cura e o mais promissor do momento.

“A ideia não é ter uma competição entre os países”, explicou Daniela Ferreira, imunologista brasileira da Escola de Medicina Tropical de Liverpool.. “O que está acontecendo agora é um trabalho de envolvimento global, com todos os cientistas compartilhando conhecimento em tempo real. A vacina é para o mundo inteiro; tem de haver uma colaboração internacional e tem de ser solidária, não pode ser ditada por interesses comerciais e preços.”

.

.

com amor, blog da #AltaMais

COMO O INCENTIVADOR RESPIRATÓRIO AJUDA EM EXERCÍCIOS FÍSICOS
DORMIR BEM: A IMPORTÂNCIA DE UMA BOA NOITE DE SONO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Navigation
Close

Meu Carrinho

Viewed

Visualizados Recentes

Close

Categories

Open chat